Pesquisar este blog

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Coleção de Microprocessadores


No passado eu colecionei fascículos de uma enciclopédia da antiga Rio Gráfica Editora - Microcomputador Curso Prático, que depois se tornaram dois volumes muito interessantes e ricamente ilustrados. Num dos artigos, sobre a história dos microprocessadores, havia um quadro evolutivo (até então) dos principais microprocessadores usados, quadro do qual eu tirei uma foto que é a abaixo:




Tem gente que coleciona computadores velhos, mas isso demanda muito espaço e dinheiro (tá eu tenho alguns computadores velhos ... :o)  ), então é mais fácil e barato colecionar apenas as CPUs usadas nos computadores antigos.  Dos que serviam para computadores pessoais, eu consegui os mais importantes e que contam  a história da microcomputação dos anos 1970 e 1980. Vejam a foto das minhas CPUs:


Bom, seguindo a ordem do quadro da enciclopédia, mostro as fotos das minhas CPUs e descrevo alguns equipamentos onde elas foram usadas:


Esse era o Motorola MC6800, um processador de 8 bits. Foi usado no MITS Altair 680.  O MC6800 foi projetado em 1974, mesma época do processador a seguir.


O Intel 8080 foi o segundo microprocessador de 8 bits da Intel. Esse processador influenciou toda uma família de CPUs, incluindo o Z80 da Zilog e os seus sucessores na Intel.  O 8080 foi usado no MITS Altair 8800, um dos primeiros computadores pessoais e também nos videogames Arcade, incluindo o jogo Space Invaders. Com o 8080 foi desenvolvido o sistema operacional CP/M.



Acima tenho dois 6502, que foram as CPUs dos Apple 1, Apple II, Commodore PET e eram as CPUs mais baratas na época (por isso a Apple o escolheu). Aqui no Brasil foi usado no TK2000.
A CPU menor 6507 era uma versão encolhida do 6502 e foi o processador dos videogames ATARI 2600. 




O processador seguinte da Intel foi o 8085, que era compatível com o 8080 em software, mas melhor em hardware. O 8085 foi usado no TRS-80 model 100, um precursor dos micros portáteis.



A evolução da Motorola se deu com o MC6809. Esse processador foi usado pelos TRS - Color Computer (aqui CP400).



Talvez o mais famoso dos processadores de 8 bits, o Zilog Z80 foi o processador usado em muitos computadores da época: TRS-80 (clone CP300), Sinclair ZX80, ZX81 (e os clones nacionais TK82C, TK83, TK85, Ringo, CP200), ZX Spectrum (TK90X e TK95), CP500, os MSX (aqui Hotbit e Expert) e em diversos videogames (Gameboy com LR35902 da Sharp similar ao Z80, Master System, Mega Drive). Por ser compatível com o 8080 em software, podia usar o CP/M e até no Apple II foi usado com uma placa com Z80.




Entrando na era dos 16 bits, a Intel lançou a família 8086. Na foto eu tenho os 8088 que foram os processadores dos IBM Personal Computers (PC, XT) e que levaram a Intel à liderança de mercado até os dias de hoje. O Chip com o quadrado dourado é um 8087, coprocessador matemático usado com os 8088 e 8086.  O NEC V20 era uma versão mais avançada do 8088, tinha uma performance melhor e podia emular o funcionamento do 8080. Eu tenho um laptop Toshiba T1000 com um 80C88, versão CMOS do 8088.



A Motorola também desenvolveu de processadores de maior desempenho e lançou esse chipão de 64 pernas, o MC68000 de 16 e 32 bits. Junto na foto, o MC68008 com 48 pernas, uma versão mais simples do 68000.  O 68000 foi o processador dos Apples Lisa e MacIntosh, Atari ST, Amiga e também muito usado em Workstations Unix. Foi o processador do videogames Mega Drive (junto com o Z80). O 68008 foi usado no Sinclair QL (Quantum Leap).


Esses dois processadores não estão no quadro da enciclopédia, mas eu tenho esses chips da RCA e da Harris, que são o processador CDP1802 ACE de 8 bits e tecnologia CMOS, o que faz com que eles tenham um baixo consumo de energia. Por isso foram usados em sondas espaciais e num computador chamado COSMAC ELF que saiu na revista Popular Electronics.

Nenhum comentário: